Como reassumir os cachos depois de ter feito alisamento

Avalie

Por mais lindo que seja um cabelo cacheado, grande parte das mulheres, principalmente na adolescência, tem vontade, ou até mesmo, fez algum procedimento para alisar os fios. Porém, essa decisão deve ser muito bem pensada, afinal, os cabelos fazem toda a diferença num visual.
Para você que já alisou os cabelos, mas cansou deles assim, ou até mesmo para quem deseja deixar os fios diferentes agora, mas depois pretende voltar a usar cabelos cacheados, a Guia Astral conversou com dois profissionais que explicam se é possível e como funciona o processo de reassumir seus lindos cachos.

Foto: Shutterstock Images

Foto: Shutterstock Images

É possível?

Assumir um novo corte que auxilie a reativação dos cachos, fazendo uso de produtos adequados para isso é a resposta da cabeleireira Karina França. Ela diz que quem pretende alisar os fios, mas já pensa um dia em voltar a usar os cachos, o procedimento mais recomendado é a progressiva com selagem. É importante “não chapar os fios”, mas sim fazer uma “escova que abre os cachos e não alisa”, ensina.
Já o hairstylist Junior Farben conta que é possível reassumir os cachos depois de anos de alisamento através de um procedimento químico. “Cada salão ou profissional dá um nome a isso. O nosso chama Permanente Afro”, conta. O primeiro passo para realizá-lo é avaliar a compatibilidade do tratamento feito para alisar com o novo procedimento.

Passo a passo

O cabelo deve ser lavado com produtos à base de queratina para fechar as escamas. Depois um outro produto à base de tioglicolato de amônia é aplicado e é preciso aguardar 27 minutos. Passado esse tempo, 70% do produto é retirado e ainda com o cabelo molhado é aplicado um babyliss ou um bigudinho.

O alisamento é reversível?

Alisamentos feitos com formol não são aconselhados e muito menos compatíveis com procedimentos para quem deseja reassumir os cachos, como o citado acima. Quem fez alisamento, principalmente, com uso de formol e se arrependeu, a melhor alternativa é deixar o cabelo crescer e fazer um corte adequado. Karina França também não aconselha relaxamentos à base de sódio, guanidina e escovas definitivas, que dificultam a reversão do alisamento.

Saúde dos fios

Junior Farben afirma que todo processo químico altera a composição natural dos cabelos, tornando-os mais propensos à descamações, quebras e quedas. Respeitar um intervalo de no mínimo 15 dias entre procedimentos como estes também é importante, além da realização de hidratação e nutrição dos fios uma vez por semana em casa e a cada 15 dias no salão.

Consultoria:

Junior Farben – Salão Águas de Ipanema
Karina França – Maison Payot

Tags: ,

Mais lidas