“Cansei do rolo, quero namoro”

Avalie
Rolo x namoro

Foto: Thinkstock e Getty Images

Vocês estão ficando já tem um tempinho. O beijo encaixa, os carinhos são gostosos e você adora passar suas horas livres com ele. Eis que você descobre que quer algo mais sério e estável com o cara: um namoro. Nesse momento só restam a você duas opções: ou desencanar do gato ou partir para o ataque. Antes de decidir o que fazer, é interessante refletir sobre os seguintes pontos:

Qual o grau de compatibilidade entre vocês?
Antes de começar a investir na relação, pare e responda a algumas perguntas: vocês gostam das mesmas coisas em geral? As opiniões dos dois sobre a vida são muito diferentes? Se a resposta da primeira pergunta for “De jeito nenhum” e “Muito” para a segunda, cuidado, pois nem sempre os opostos se atraem. Agora, se você acha que a diferença não vai atrapalhar o relacionamento e que está preparada para aceitar aquele comportamento que tanto te irrita e conviver com as opiniões do cara, vá em frente e busque a felicidade. O que não vale é ignorar todas as divergências entre vocês e pensar: “com o tempo eu mudo ele”.

Qual o momento da vida de vocês?
Sabe aquela história, “era a pessoa certa, mas no momento errado”? Pois é, isso é verdade, amiga. Se ele está em um período da vida que quer conhecer gente nova e que está a fim de badalar, enquanto que você vive um momento mais calmo e sossegado, talvez os objetivos de vocês para a vida amorosa sejam diferentes.

Se depois de pesar todos as questões levantadas anteriormente você achar que vale a pena investir neste relacionamento, a Guia Astral te dá as dicas:

Homens têm medo do futuro
Vocês ainda estão se conhecendo, sem o compromisso de que aqueles encontros terão que resultar em algo sério. Por isso, por mais que você deseje ser a futura namorada do gato, não deixe transparecer que você tem planos concretos e esquematizados para vocês dois. Deixe as coisas irem acontecendo, sem forçar situações e conversas. Concentre-se no presente e mostre com gestos doces e conversas descontraídas o quanto você poderia ser uma companheira legal, mas sem ter que falar diretamente o que você quer ou planeja.

Comporte-se como ficante
Se vocês ainda são apenas ficantes, comporte-se como tal. Se ele quiser uma namorada atenciosa, companheira, leal e que sempre escolha fazer os programas dele ao invés dos das amigas dela, ele que promova você ao status de namorada. Isso inclui pequenos gestos, como não demonstrar ciúme ao vê-lo conversando com outra mulher ou exigir alguma postura dele. Mas vá com calma, pois isso também não quer dizer que você tenha que sair por aí beijando todos na frente dele e esnobando-o em público. Saiba dosar o tempo e a atenção que você dá ao gato. O segredo é tirá-lo da zona de conforto: se vocês fazem tudo o que namorados costumam fazer, não terá por que ele querer transformar a relação em namoro, não é mesmo? Faça-o sentir na pele a necessidade de querer um relacionamento sério.

Fica a dica
O caminho até um namoro é jogo com dois jogadores em ação: pode ser que vocês joguem no mesmo time ou estejam em lados opostos. Logo, se o lance não virar um compromisso, não se culpe e não fique deprimida, achando que o problema está com você. O que não vale é você se forçar a ser a ficante do cara só para não perdê-lo de vez. As chances de se magoar serão enormes, já que vocês terão objetivos diferentes. O jeito nesta situação, amiga, é partir para outra.

Mais lidas