Alexandre Pires diz que está chocado com acusações de racismo

Avalie
Alexandre-Pires

Foto: Francisco Cepeda/ Divulgação AgNews

Em nota à imprensa, Alexandre Pires resolveu se manifestar sobre a polêmica que surgiu em torno do seu clipe mais recente, “Kong”: “Sinto-me profundamente chocado com qualquer leitura racista ou sexista num clipe protagonizado por mim, negro com orgulho da minha cor, autor e intérprete de música romântica, sem que isso nunca tenha sido confundido com sexismo.”

Ele afirma que o uso de personagens vestidos de macacos não tem qualquer ligação com o racismo, e cita personagens como King Kong e Chita como exemplos de entretenimento, e termina ressaltando seu respeito pelas mulheres. “Não me consta que meu histórico deixe alguma dúvida sobre o meu respeito à mulher ou ao negro, e a edição deste filme em nenhum momento faz brotar qualquer insinuação similar.”

A polêmica surgiu quando foram levantadas acusações de racismo contra o clipe de Kong, no qual Alexandre Pires aparece ao lado de Neymar, Mister Catra e David Brazil, em uma festa, todos cercados por mulheres e pessoas fantasiadas de gorilas.

Foi aberta uma investigação da Procuradoria-Geral da República de Uberlândia (MG), estado onde mora Alexandre, para descobrir se há indícios de discriminação racial na música e no clipe.

Mais lidas