Transformação de sala de estar

Avalie

Maria Lourenço comprou a primeira revista Casa Linda quando viu na capa um sofá cheio de almofadas. Seu sonho era ter algo semelhante. Foi aí que seu filho Marcelo Toigo escreveu pra gente. Ele é publicitário, e ela guia de turismo. Ambos sentiam falta de uma sala de TV e jantar mais convidativa.

Mudança radical
Não era apenas o sofá “vazio” que incomodava. A mesinha da TV e a cortina comprada anos antes não mais refletiam o gosto decorativo dos moradores. Mãe e filho também concordavam que a sala precisava de mais vida. “Gostamos de cores e detalhes”, contam eles.

Foto: Larissa Guimaraes/Colaboradora

ANTES DA TRANSFORMAÇÃO. Foto: Larissa Guimaraes/Colaboradora

Mistura divertida
O grande e confortável sofá ganhou uma profusão de almofadas. Para que o investimento fosse acessível, almofadas de baixo custo foram misturadas com almofadas mais marcantes, como a de flores bordadas da Colletor 55, as de ilustrações étnicas da Lupi Design e as românticas da Amanda Mol.

Novas cores
A mudança começou pela cor das paredes, que ganharam o verde Canção da Chuva, da Coral. Mesmo sendo suave, a nova cor alegrou a sala e permitiu o uso de vários detalhes. As cores predominantes escolhidas para a decoração foram o verde, o vermelho, o azul e o branco.

DEPOIS DA TRANSFORMAÇÃO. Foto: Larissa Guimaraes/Colaboradora

DEPOIS DA TRANSFORMAÇÃO. Foto: Larissa Guimaraes/Colaboradora

Fora do comum
Racks e painéis de madeira são ótimas opções para colocar a TV, mas não são as únicas. Neste caso, o móvel escolhido foi um balcão retrô. Nas suas gavetas, foi possível guardar os controles remotos, revistas e livros. E, nas portas, o aparelho de DVD, da TV a cabo e as caixinhas de som.

Quebrando regras
O melhor tapete encontrado era pequeno para o sofá de 3m de comprimento. A solução foi inventiva e moderna: uma composição entre o tapete indiano listrado, com uma passadeira de cor neutra.

Sala de jantar
Pequena, mas com muito estilo, assim é a nova área de jantar da família. Os móveis foram mudados por outros do mesmo tamanho, porém, com a mesa mais próxima da parede, sem cadeiras nas pontas, o espaço de circulação da sala foi ampliado.

**O total da transformação foi de R$ 5.371,10. Para saber mais detalhes e ver mais fotos, adquira a edição 07 da revista Casa Linda. Já nas bancas!

Texto e produção Rejianne Alves/Colaboradora

Mais lidas